Fale com o Deputado

Gabinetes

Distrito Federal Ceará

PSL Ceará protocola mandado de segurança contra lockdown em Fortaleza

A falta de planejamento e de ações efetivas de combate ao Coronavírus no Ceará levou o PSL Ceará, presidido pelo deputado federal Heitor Freire, a apresentar um mandado de segurança coletivo contra as determinações do governador Camilo Santana, de prorrogar o distanciamento social no estado, e do prefeito Roberto Cláudio, que instituiu, desde a última sexta-feira, 8 de maio, o lockdown na capital cearense. O parlamentar afirma que tanto a Saúde quanto a Economia cearenses estão em colapso em função de políticas ineficazes para conter o avanço da doença. O Ceará está entre os cinco estados mais afetados pela Covid-19, com números altos de infectados e mortos.

“Sou completamente a favor de medidas efetivas para combater a pandemia de Covid-19, mas isso não significa que o Estado possa jogar nas costas do cidadão a conta pela ineficiência, ineficácia e inefetividade de suas ações, fazendo com que a já sofrida população seja de uma só vez vítima da pandemia, do desemprego, da fome e praticamente condenada à morte. As medidas drásticas implantadas em Fortaleza com o ‘lockdown’ não tem qualquer parâmetro científico, violando assim o que é exigido pela Lei”, argumenta Freire.

O parlamentar reforça que segue cobrando um plano para a retomada gradativa das atividades do Estado:

“Temos a consciência da necessidade de combater a Covid-19, mas esse combate deve ser feito com planejamento e ações efetivas que busquem solucionar o problema sem impor à população cearense medidas tão drásticas. Peço ao Governo do Estado do Ceará que apresente um plano de retomada da economia e que as medidas de restrição sejam impostas com base em critérios técnicos e científicos”, finaliza.

O mandado de segurança coletivo foi protocolado na noite da última sexta-feira (08) e aguarda despacho no TJ CE.

Imagem: Pixabay