Fale com o Deputado

Gabinetes

Distrito Federal Ceará

Bancada federal do Ceará envia recursos para Iguatu

O município de Iguatu é um dos mais atingidos pela pandemia do novo Coronavírus na região centro-sul cearense. Até a tarde desta quinta-feira (14), foram registrados 74 casos confirmados de Covid-19 e 10 mortes, alavancando a taxa de mortalidade para 13,5%, mais alta que as taxas do Ceará e uma das maiores do Brasil. Uma das razões para esses números tão altos é o deficitário sistema de saúde da cidade.

Atentos a essa situação perigosa, a bancada de deputados federais do Ceará está destinando a maior parte de suas emendas para a saúde do Estado, incluindo a cidade de Iguatu, a fim de minimizar o sofrimento das pessoas que buscam atendimento médico no município. De acordo com o Diário Oficial da União do último dia 24 de abril, o Ministério da Saúde destinou para Iguatu, via emendas parlamentares, mais de R$ 3,8 milhões.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, “os recursos financeiros serão destinados exclusivamente ao custeio das ações e serviços de saúde necessários para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do Coronavírus (COVID 19), abrangendo atenção primária, especializada, vigilância em saúde, assistência farmacêutica e outras que forem oportunas”.

Para o deputado federal Heitor Freire (PSL\CE), esses recursos são um alento para uma população tão sofrida. Sozinho, ele destinou cerca de R$ 1 milhão para o município:

“Iguatu é a cidade que fui criado, é a cidade do meu coração. Eu fico extremamente triste quando vejo a população sofrendo sem leitos sequer de internação simples, mas, principalmente de UTI, que nós sabemos que o atendimento não pode esperar. Foi por essa razão que resolvi enviar parte das minhas emendas individuais e de bancada para Iguatu. Espero poder colaborar cada vez mais com essa cidade que tanto me acolheu como me ensinou os valores que carrego para a vida”, ressaltou.

Outros deputados federais também enviaram verbas para Iguatu, como Vaidon Oliveira (PROS\CE) e o coordenador da bancada federal, Domingos Neto.

Imagem: Pixabay